Menu

A rádio do seu esporte favorito

Rádio Litoral Esportivo

Imunização contra a gripe começa no próximo dia 17; veja onde se vacinar

10 ABR 2017
10 de Abril de 2017

A vacina contra a gripe começa a ser aplicada em postos de saúde da região a partir do próximo dia 17. Mas atenção, em alguns municípios, na primeira semana serão imunizados apenas profissionais de saúde e professores. O restante deverá se proteger a partir do dia 24.  

Fazem parte do público-alvo professores, pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes e mulheres que recentemente tenham dado à luz, portadores de doenças crônicas, presos, adolescentes de 12 a 21 anos que cumprem medidas de socioeducativas e empregados de prisões. 

Veja onde se vacinar contra a doença 

Benefícios 

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica do Guarujá, Ana Terezinha Lopes Plaça, explica que a vacina contra gripe é trivalente, protegendo contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B. “Todo ano é definido um público-alvo porque esse pessoal tem mais chance de sofrer complicações por causa da gripe e o agravamento da doença”.

Ana esclarece que a vacinação sempre rola nesta época do ano porque é entre os meses de junho e agosto que há maior circulação viral. “A mudança de estação aumenta o risco de pegar gripe. O vírus é muito rápido”.

Metodologia

A chefe do Departamento de Vigilância em Saúde de Santos, Ana Paula Valeiras, diz que o Ministério da Saúde fez uma pesquisa pra saber quais as cepas dos vírus que mais circularam em 2016. “Com base nessa pesquisa, formou-se a vacina destes três: H1N1, H3N2 e Influenza B”.

Coordenadora de Vigilância Epidemiológica de Bertioga, Lúcia Peres Guimarães diz que a vacina também diminui as complicações pulmonares e internações por pneumonia.”Evita que um passe para o outro. É importante também que os pais se conscientizem e não deixem de levar suas crianças”.

Confira o esquema de vacinação em cada município: 

Bertioga: na primeira semana, só serão vacinados professores e profissionais da saúde. O restante do público-alvo terá de aguardar o dia 24 de abril para procurar uma das cinco UBSs do Município. Para acamados, o responsável deverá ligar na UBS mais próxima, de segunda a sexta, das 9h às 16 horas. 

Cubatão: trabalhadores da saúde e professores serão vacinados na primeira semana. A segunda semana será para idosos, portadores de doenças crônicas, crianças, gestantes e mulheres com até 45 dias de pós-parto. Para pacientes acamados, um responsável deve ligar para a unidade de saúde do bairro e agendar a vacinação até o dia 5 de maio, de segunda a sexta, das 8h às 16 horas. 

Guarujá: será a única cidade da região a começar a campanha em 18 de abril, não seguindo o prazo nacional dado pelo Ministério da Saúde. Não informou direcionamento de datas para parte do público-alvo. Para idosos e acamados, o agendamento da imunização pode ser feito pelo telefone 3341-5019, das 9h às 16 horas. 

Itanhaém: não prevê divisão de datas entre grupos do público-alvo. 

Mongaguá: profissionais da área da Saúde e professores serão vacinados na primeira semana. O restante poderá ir aos postos de saúde a partir de 24 de abril, das 7h às 17 horas. 

Peruíbe: não prevê divisão de datas entre grupos do público-alvo. Unidades de saúde funcionarão de segunda a sexta, sempre das 8h às 16 horas. Para idosos e acamados receberem a vacina em casa, cuidadores ou parentes dos pacientes devem agendar o serviço com a Vigilância Epidemiológica do Município, que atende por meio do telefone 3453-2049. 

Praia Grande: A Prefeitura ainda não tem detalhes sobre a campanha, mas já informa que ela começará na próxima segunda-feira apenas para os profissionais de saúde e professores. O pessoal poderá se vacinar em todas as Usafas  e Multiclínicas. 

Santos: a primeira semana será para profissionais de saúde e professores. A partir do dia 24, para demais casos. 

São Vicente: não prevê divisão de datas entre grupos do público-alvo. Para acamados, as solicitações devem ser feitas pelo telefone 3569-5702 ou nas Unidades Básicas de Saúde e Estratégias de Saúde da Família mais próximas. Haverá datas e horários de imunização diferenciados, devendo o vicentino prestar atenção na relação abaixo para não perder viagem. 


Fonte: A Tribuna Digital

Texto: Mariana Nadaleto - Colaboradora

Foto: Alexsander Ferraz

Voltar


Tenha você também a sua rádio