Menu

A rádio do seu esporte favorito

Rádio Litoral Esportivo

Segue sina de eliminações, e agora Ceni? O quê explicar?

13 MAI 2017
13 de Maio de 2017

   Depois de ficar 17 dias sem jogar e só treinando, o São Paulo entrou em campo pela Copa Sul-americana nesta quinta (11/05) e empatou 1 a 1 no Morumbi contra o desconhecido time Argentino do Defensa Y Justicia, esse resultado eliminou o tricolor paulista da competição, já que empatou no jogo de ida na Argentina sem gols e o empate com gols no Brasil classificou o time argentino.

   A equipe do São Paulo começou o jogo como franca favorita e logo menos de minuto teve um gol anulado de Lucas Pratto em passe de Cueva por estar impedido, mas logo após aos cinco minutos Thiago Mendes arriscou de fora da área um bonito chute e fez 1 a 0 para o tricolor paulista. Parecia uma mensagem de que coisas boas viriam e ao mesmo tempo um alivio de ter feito o gol logo no início.

   No entanto, a felicidade do time paulista durou pouco, pois cinco minutos depois a defesa do São Paulo como é de praxe falhou com Jonas Gutierrez avançando e passando por Bruno e contando com vacilo do Zagueiro Lucão que não interceptou o cruzamento e ainda contou com o erro de posicionamento de Junior Tavares e a bola alcançou a Castellani que chutou e fez 1 a 1.

   A partir disso, o time do São Paulo ficou apático e não encontrou mais o rumo do jogo, os erros das outras eliminações voltaram a aparecer, e para piorar o esquema de Ceni não surtia efeito, Neilton reeditava as más exibições anteriores e o time se manteve confuso. Para Piorar Lucão sentiu psicologicamente a falha e quase fez um golaço contra.

   Ceni tentou melhorar o time com modificações a entrada do artilheiro Gilberto no lugar de Neilton e Luiz Araújo no lugar de Bruno, assim a composição técnica foi de 4-3-3 para 4-3-1-2, mas o rendimento nada mudou e depois dos 30 o desespero tomou conta do São Paulo, com isso cedendo o contraataque ao Defensa que quase chegou ao segundo gol com Elizari numa falha de Lucão, e na sequencia foi respondido com Cueva que foi travado na hora do gol.

   Com dois centroavantes em campo, o tricolor não conseguia fazer o segundo gol e deixava os 14.999 torcedores presentes perplexos com a inércia e a falta de vibração da equipe. O time não merecia a classificação, pois não tinha a vibração e ao final o resultado deu a classificação ao time da Argentina, o que frustrou os torcedores São Paulinos com uma defesa vulnerável e um ataque lhe faltou competência e saber atacar com determinação.

   Agora só tem o brasileiro durante o ano e a cobrança interna para ir para se classificar pelo menos para a Libertadores 2018, e a dor de cabeça começa neste domingo contra o Cruzeiro no mineirão ás 16h00.

Voltar


Tenha você também a sua rádio